Sábado, 7 de Agosto de 2010

12º Capítulo

Mega Capítulo pa compensar... eu disse

 

 

 

O filme ia a meio e Peter já dormia. Quando de repente:

- Peter acorda! – disse Victoria num tom muito baixo mas agudo. - Que estás a fazer?!

- A dormir, deixa-me estar! – resmungou meio sonolento.

- Mas tens de acordar. Aconteceu uma coisa espectacular!

- Ai sim… surpreende-me.

- O filme acabou!

- A SÉRIO?! – disse em alto e bom som saltando da cadeira.

- Não, estava só a surpreender-te.

- Oh meu menino! Menos, tá?! – Disse uma mulher gorda sentada atrás de Peter.

- Sim minha senhora. – Respondeu em voz baixa.

- Vê lá, não me envergonhes! – Exclamou a Miss Victoria olhando em volta, e que de repente avistou o casal maravilha sentado numa fila à frente deles.

- Ei, Peter! Aqueles dois ali à frente não te são familiares? – Perguntou sussurrando ao ouvido de Peter apontando para eles.

- Yah, aquele parece o Dave… e esta com uma miúda…

- Quem é?! – Perguntou fazendo-se de desentendida com um sorriso travesso.

- Não sei bem. Parece a… Carolyn?! – disse com os olhos esbugalhados.

 - Oh meu Deus, o que é que eles fazem ali os dois?! – perguntou Victoria com um ar muito teatral.

- Será que… - Peter paralisou completamente quando viu que Dave e Carolyn se beijavam. – Eu… Eu vou-me embora!

Enquanto Victoria via Peter dirigir-se à casa de banho, Carolyn saía da sala de cinema também para ir à casa de banho. Victoria assim que reparou no acontecimento decidiu agarrar aquela oportunidade. Levantou-se da cadeira repentinamente e começou a correr atrás dele.

Abriu a porta da W.C. dos homens e viu Peter debruçado no lavatório.

- Ele não teve culpa, ele não sabia. Eu devia tê-la agarrado primeiro, como ele fez. – lamentou-se levantando a cabeça para o espelho. – Mas o que é que eu estou para aqui a dizer. Ela não gosta de mim, ela nunca gostou de mim!

- Estás Enganado, Peter. – afirmou fechando a porta toda rabiscada.

- Claro que estou! Ela adora-me. Ela ama-me! Ela não consegue viver sem mim! – disse a transbordar de sarcasmo com uma gargalhada.

- Bem é mais ou menos assim.

- Não estejas a gozar comigo, tá?! Vai retocar a maquilhagem e deixa-me em paz! Vai!!! - berrou apontando para a porta.

- Ei! Só estou a tentear ajudar. Até porque o que tu viste à uns segundos a trás é uma falsidade. A Carolyn gosta de ti. Ela só está com o Dave para te está a fazer ciúmes! Ela pediu-me para te trazer aqui hoje para tu e ela se encontrarem. – Mentiu com todos os dentes exageradamente brancos.

- Tu bebeste? A Carolyn pediu-te para me trazeres aqui?! A Carolyn e tu… falam-se? Desde quando?! - questionou falando para o reflexo de Victoria no espelho.

- Bem… a… desde á um tempo. Ela está na casa de banho há um tempo à tua espera! – exclamou tentando despachar a conversa de modo a que a curiosidade do Peter não arruinasse o plano.

- Essa história está muito mal contada. A Carolyn era capaz de trair um dos meus melhores amigos! Ainda por cima para me fazer ciúmes! Que estupidez.

- Isso é o que tu pensas. Aliás, é o que toda a gente pensa! Os stores, os pais e os rapazes como tu! – disse quando uma onda de ciúmes a tomou por completo. – Ela é um exemplo para a humanidade!

- Mal já estão amigas já estas a falar mal dela nas costas. Tristeza!

- Ei, nós não somos assim amigas. Foi só um género de contrato, ela fica contigo e o Dave fica livre!

- Pois, só fizeste isto para ficares com o Dave. És mesmo tu!

- Mas ouve bem, eu estou a ajudar-te com isto, mas tu não te vais desbocar ao Dave que eu só fiz isto para ele ficar comigo! – agarrou-lhe na camisa e puxou-o para ela sussurrando-lhe ao ouvido e depois largou-o com total desprezo.

- Isso não me soa muito bem mas… pronto!

- Então, ela está na casa de banho, vai lá ter com ela e espeta-lhe um beijo! – prosseguiu ela abrindo a porta da W.C. e lançando um olhar aterrador na direcção da W.C. das ladies.

- De certeza?! – questionou num tom duvidoso.

- Vai!

- Ok! – Peter estava tão confuso com aquela mentira toda que era capaz de acreditar que as vacas voavam.

Peter agarrou na maçaneta da porta e de seguida rodou-a e entrou. Assim que Peter fechou a porta atrás de si, Victoria sacou o telemóvel de alta technology, – como um cowboy a sacar uma arma - abriu uma nesguinha da porta e começou a filmar.

Peter espreitou e não viu ninguém. Quando se virou para trás para se ir embora e dar um raspanete à Victoria, ouviu um autoclismo. Correu para a cabine de onde o som viera e encostou-se à porta da cabine do lado. Quando o trinco da porta da cabine se recolheu, o coração de Peter parecia vir sair-lhe pela boca. Carolyn finalmente saiu e deu um paço em frente. Ele enrolou-lhe o braço na cintura e puxou-a para si. Ela rodou para a frente e Peter inclinou-se logo para a beijar. Para sua sorte Carolyn estava de olhos fechados, e pensava que estava a beijar Dave.

Victoria estava com o telemóvel a espreitar pela porta encostada quando alguém lhe pousa a mão nas costas e ela dá um salto de susto. Quando se virou para a frente e deu com os olhos azuis profundos de Dave. Nesse momento teve um impulso para o beijar. Mas ia deixar esse momento para mais tarde, agora tinha de aproveitar aquela oportunidade.

- O que é que estás aqui a fazer? Vieste ver este filme também? – questionou com um sorriso simpático.

- A… sim, sim. – sussurrou hesitando . – Olha, Dave… eu estou chocada com a tua namorada…

- Não comeces, Victoria! – reagiu elevando agora o tom de voz - Não tens de lhe pôr defeitos a toda a hora.

- Shiiiiiu!!! Não é isso! Agora tenho mesmo razão, e provas! – justificou com o indicador levantado para exibir as suas nails rosa super pindéricas.

- É pá, esses joguinhos agora não! – afirmou a sussurrar – E porque é que estamos a falar baixinho?

- Por isto! - Victoria abriu a porta e empurrou-o casa de banho a dentro. Dave tropeçou ao entrar daquela maneira na casa de banho e deparou-se com Carolyn virada de costas para si a beijar a pessoa errada, Peter.

- Carrie?! – perguntou sem crer acreditar no que os seus olhos viam.

Carolyn separou o beijo e pensou “ Se o Dave está ali então… quem é que eu estou a beijar? ”, abriu os olhos e deparou-se com o rosto de Peter. Virou-se para trás e viu-o arrasado.

- Como pudeste? Eu não te chego, é? É?! – berrou fazendo eco que se fez ouvir em toda aquela zona.

Victoria que ainda estava do outro lado da porta a ouvir tudo, apareceu por trás de Dave e pousou a sua mão no seu ombro.

- Sim Carrie, como é que lhe pudeste fazer isto?

 Dave revirou os olhos àquela pergunta tão desprezível de Victoria, e saiu porta fora. Ela fitava Carolyn quando se apercebeu que Dave fechava a porta atrás de si.

- Dave, espera por mim! - Gritou correndo atrás dele.

 

 

 

Ei girls! Chegue ontem do Algarve. Estive em Odeceixe e lá n havia um pingo de net! Era para ter comprado uma banda larga max n deu :(. Havia um café que tinha net e tava kuase sempre ocupado por BIfes! E ainda por cima, utilizar a net durante 15 min. era 1€! As empregadas eram ucranianas e kriam ganhar dinheiro à força toda!     Max pronto, cheguei e trouxe um mega cap. espero k gostem...    A msm lengalenga de sempre: minimo 4 comentários please...    bjs

sinto-me: bronzeada... e tou mesmo!
música: só o meu gato a miar aki dum lado po outro...
publicado por Anna às 12:41
link do post | comentar | ver comentários (7) | favorito

.mais sobre mim

.pesquisar

 

.Outubro 2011

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1

2
3
4
5
6
7
8

9
10
11
12
13
14
15

16
17
18
19
20
21
22

23
24
25
26
27
28
29

30
31


.posts recentes

. Vida de Carolyn: Two Love...

. I'm back

. Vida de Carolyn: Two Love...

. Vida de Carolyn: Two love...

. Vida de Carolyn: Two Love...

. Vida de Carolyn: Two Love...

. Vida de Carolyn: Two love...

. Divulgação e conversinha ...

. Vida de Carolyn: Two love...

. Vida de Carolyn: Two love...

.arquivos

. Outubro 2011

. Setembro 2011

. Agosto 2011

. Julho 2011

. Junho 2011

. Maio 2011

. Abril 2011

. Março 2011

. Fevereiro 2011

. Janeiro 2011

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Agosto 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

blogs SAPO

.subscrever feeds