Terça-feira, 22 de Junho de 2010

11º Capítulo

Carolyn tinha vindo de táxi. Saiu do táxi cheia de estilo, pagou ao taxista e olhou para em direcção à porta de entrada que estava rodeada de gente que se preparava para entrar. Avançou para a multidão à procura de um sinal de Dave e viu um braço levantado por cima de todas aquelas cabeças.

- Olá. Estás linda! – babou-se Dave olhando o vestido preto justo de Carolyn.

- Obrigada! Tu também estás. – Disse envergonhada.

- É só uma camisa e umas jeans. Não é nada de especial. – disse Dave ajeitando o penteado para chamar a atenção da namorada.

- E também puseste gel!

- Achas que está giro?!

- Acho que estás uma brasa! Agora vou ter de ter mais cuidado com as gajas que se metem contigo! – exclamou Carolyn fazendo-lhe uma festa na cara. – Isto está à pinha! Esta gente toda vai ver o mesmo filme que nós?

- Acho que sim. Até porque a maior parte são casais, como nós! – sorriu para ela.

Enquanto a multidão ansiosa esperava pela abertura das portas Victoria e Peter apareciam ao virar da esquina. Victoria assim que viu a multidão avistou logo ao longe Dave e Carolyn de mão dada. Victoria queria deixar o espectáculo para mais tarde, por isso foi com Peter para o mais longe deles possível. Peter nunca lhe passaria pela cabeça que Dave, um dos seus melhores amigos, podia estar a namorar a rapariga com que ele sonhava todas as noites. Mas a verdade é que Dave não tinha tido culpa nenhuma, quando John o avisou de que Peter gostava de Carolyn, Dave e ela já estavam namorando.

- Então que filme é que vamos ver? Eu gostava de ir ver… - disse Peter olhando para os filmes que estavam em cartaz. – O mistério em Miami! Sim, esse é mesmo bom!

- Não! Nós vamos ver “O diário de uma paixão”.

- O quê?! Ainda dizes que isto não é um encontro! – exclamou olhando para o cartaz cor-de-rosa super lamechas. – Olha estás com azar, diz ali que está esgotado.

- Tens razão, mas nós vamos ver na mesma.

- Ai vamos?! Como?

- Com isto! – disse mostrando dois bilhetes para o mesmo filme.

- Estou tramado contigo! Mas ainda não percebi, porque é que dizes que isto é para meu bem? Que estupidez! Achas ver um filme destes é para meu bem?

- Logo vez! Acredita em mim. – disse Victoria fazendo o sorriso travesso.

 

 

 

Desculpem este cap. ser pequeno mas não tive muito tempo. Porque não sei se vou hoje para o algarve ou se vou a manhã, tenho andado a fazer as malas e isso anda-me a ocupar tempo. Também não sei se tenho net lá no sitio. Por isso se virem que ando a demorar a postar não se preocupem k deve ser por causa de não ter net. Se isso acontecer eu depois compenso, tá?   bjs

 

P.S. - minimo 4 comentários, xim???

sinto-me: Vou ficar sem net???
música: Paranoid, Jonas Brothers
publicado por Anna às 15:51
link do post | comentar | ver comentários (10) | favorito
Quarta-feira, 16 de Junho de 2010

10º Capítulo

Enquanto o sol estava a pôr-se, Victoria telefonava a Peter.

- Está? Peter! – chamou Victoria.

- Sim, é o Peter. – respondeu começando aos poucos a reconhecer a voz feminina do outro lado. – Victoria?! – perguntou admirado.

- Sim, sou eu.

- O que é que queres?! – perguntou desconfiado.

- Um pouco de simpatia não faz mal a ninguém! – respondeu indignada.

- Olha quem fala! – riu-se. - É que tu... a ligares-me… é estranho! Eras a última pessoa que eu pensava que me ia ligar.

- Isso agora não interessa! Preciso de pedir-te uma coisa!   

- Ai sim?! O que é?

- A… eu queria que viesses comigo ao cinema!

- Ao cinema… contigo! Deves estar doente! - exclamou admiradíssimo.

- Eu sei que é esquisito, mas não é nenhum encontro. – acalmo-o.

 - Se não é um encontro… Então o que é? – perguntou confuso. – Queres utilizar-me para tramar alguma? É isso não é?

- Sim é isso! – respondeu vendo o seu reflexo no espelho do seu quarto enfeitado com plumas cor-de-rosa. – Bem é mais ou menos. Não fiques ofendido porque é por uma boa causa. É para teu bem, acredita em mim!

-P’ra meu bem?! - riu-se - Vindo de ti, isso é impossível! Tu nunca fazes uma boa acção ou assim!

- Vens ou não?! – perguntou já impaciente.

- Depende… quando é que é? – disse olhando para o calendário com fotografias do manchester united pendurado na parede do seu quarto.

- Hoje á noite. – disse descontraída.

- O quê?! Não sei se posso, é bué em cima da hora!

- Lembra-te que é para teu bem… se não vieres vais continuar a ser enganado. – murmurou.

- Hã?! O quê? Ser enganado… - Peter ficou pensativo com aquela frase. Pensou durante uns momentos e as palavras de Victoria acabaram por o convencer. – Ok eu vou…

- Óptimo! Vens buscar-me às 22:15 horas. Tchau! – disse desligando o telemóvel bruscamente .

- Buscar-te?! Mas… - disse Peter que depois percebeu que Victoria tinha desligado.  

 

Quando a hora combinada chegou, Peter já se encontrava à porta da mansão de Victoria. Tocou à campainha e esperou por uma resposta.

 

- Quem é? – perguntou uma voz esganiçada vinda da campainha.

- É o Peter… - respondeu sem saber quem falava do outro lado.

- O quem?! – perguntou novamente aquela voz.

- Um amigo da Victoria…

- Ha… o menino quer dizer que é… o namorado da menina Victoria!

- Não, nada disso! Somos só amigos… aliás acho que nem isso! Agora acho que sou o sócio dela para os seus planos! – exclamou arrepiado.

- Como queira. Ela vai já descer.

 

Passado uns 10 minutos ela finalmente apareceu.

Peter vira-se para ela e diz:

 

- Finalmente! Porque é que demoras-te tanto?! – perguntou Peter olhando Victoria de alto a baixo e vendo como ela estava exageradamente gira! Mas o coração de Peter já tinha dona.

- Deixa ver… roupa, maquilhagem, cabelo… e isto é só para deixar claro que ninguém é melhor que eu! – disse convencida do que acabara de dizer.

- Olha lá, quem era a mulher que me atendeu quando eu toquei à campainha? Sem me conhecer de lado nenhum começou logo a julgar-me. Começou a dizer que eramos namorados!

- Era a empregada. A mulher é uma bisbilhuteira, não tarda despeço-a!

 

 Enquanto Peter aturava a convencida da Victoria, Dave esperava por Carolyn à porta do cinema. Dave estava nervoso pois, era o seu primeiro encontro com Carolyn. Mas ela não tardou a chegar.

 

 

 

 

Desculpem a demora meninas, mas os stores têm pedido bue coisas estas ultimas semanas pkausa do fim do ano. Espero postar com mais frekuencia agora nas ferias.  bjs

publicado por Anna às 00:07
link do post | comentar | ver comentários (8) | favorito

.mais sobre mim

.pesquisar

 

.Outubro 2011

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1

2
3
4
5
6
7
8

9
10
11
12
13
14
15

16
17
18
19
20
21
22

23
24
25
26
27
28
29

30
31


.posts recentes

. Vida de Carolyn: Two Love...

. I'm back

. Vida de Carolyn: Two Love...

. Vida de Carolyn: Two love...

. Vida de Carolyn: Two Love...

. Vida de Carolyn: Two Love...

. Vida de Carolyn: Two love...

. Divulgação e conversinha ...

. Vida de Carolyn: Two love...

. Vida de Carolyn: Two love...

.arquivos

. Outubro 2011

. Setembro 2011

. Agosto 2011

. Julho 2011

. Junho 2011

. Maio 2011

. Abril 2011

. Março 2011

. Fevereiro 2011

. Janeiro 2011

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Agosto 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

blogs SAPO

.subscrever feeds