Sábado, 23 de Julho de 2011

Vida de Carolyn: Two Lovers- 23º Capítulo

 

 Olá!

Só queria dizer uma coisita antes de lerem. Na barra lateral pus uma musiquita xD há um problema... o botão tá marado... era suposto estar ali um play/pause e não akilo -.-' e não era suposto estarem lá dois... iguais. Mas pronto se quiserem ouvir é só clicarem num desse botoes e dps clicam no play e dps clicarem no botão outra vez.

 

Depois de todos se reunirem na sala partiram para o restaurante. Sim, porque os pais acharam que tinham estado um pouco distânciados dos filhos durante as férias para lhes darem liberdade e agora queriam apenas conviver um pouco com eles.

Carolyn fechou a ementa e passou-a a Emily que se encontrava na sua frente. Emily passeou o olhar pela ementa e deu um gritinho de pura alegria!

- Fixe! Há aquele bolo super bom que eu já não como à uma data de tempo!

Carolyn olhou para ela algo intrigada.

- Mas tu ainda nem escolheste o prato principal e já vais nas sobremesas?

- Típico… - disse George que estáva sentado ao lado dela.

- Qual é o mal? – Carolyn encolheu os braços e continuou a comer um pãozinho com manteiga.

Depois de todos escolherem que pratos iriam querer, o empregado aproximou-se, anotou todos os pedidos, recolheu as ementas e foi-se embora.

O resto do jantar decorreu sem problemas. Embora Carolyn estivesse com um ar um pouco descontraído estava bastante nervosa e preocupada. Parecia ter um enorme buraco negro a sugá-la constantemente no peito, lá bem dentro do coração. E no final do dia sentia-se ainda pior. Chegava à conclusão que mais um dia tinha passado e nada fizera. Sentia-se a sufocar. Como de estivesse fechada num espaço sem saída e esse espaço fosse ficando cada fez mais pequeno. Como se à medida que o tempo ia passando, também o ar ia desaparecendo. E também todas as noites passavam a ser um problema. Como não conseguia adormecer, dormia sempre muito pouco.

Carolyn deixara que a atracção por Dylan se descontrolasse. Não bastava ser fiel a Dave fisicamente, ele merecia também a sua fidelidade emocional. E agora, estava a pagar por tudo o que fizera. Mas queria por tudo acabar com aquele sofrimento. Já tinha aprendido a lição! Mas toda aquela dor não iria terminar assim que lhe contasse. A seguir disso, iria ficar ainda mais destroçada.

Quando chegaram a casa Carolyn e Emily prepararam-se e meteram-se a relaxar deitadas na cama. Carolyn ficou a ler e Emily a ouvir musica. O telemóvel de Carolyn estava em cima da mesa-de-cabeceira quando este vibrou. Estava alguém a tentar ligar-lhe. Ela levantou-se, agarrou no telemóvel e olhou para o ecrã. Quando viu que era Dave quem lhe ligava ficou imóvel a olhar para o telemóvel. E depois passou à fase seguinte: entrou em transe!

- Emily! – Carolyn tinha de pedir ajuda urgentemente – O Dave está a ligar-me! O que é que eu faço?! Atendo ou não? Ele vai fazer-me um monte de perguntas se eu atender! – parou um pouco para pensar – E se eu não atender ainda vai fazer mais! – ela falava para Emily sempre com os olhos postos no telemóvel, portanto, não percebeu que Emily não a estava a ouvir minimamente. Emily estava deitada na cama de barriga para cima a ouvir musica aos altos berros e de olhos fechados a curtir a mesma movendo-se levemente dum lado para o outro e a estalar os dedos: estava a dançar! – Emily! – Carolyn chegou ao pé dela e tirou-lhe os phones dos ouvidos – Emily, o Dave está a ligar-me! O que é que eu faço?!

Emily ficou um pouco atrapalhada e depois disse:

- É melhor…

- Rápido, se não ele desliga! – interrompeu-a Carolyn.

- Se me deixasses falar!

- Fala, fala.

- É melhor atenderes e ouvires com calma o que ele te vai perguntar ou dizer. Respondes tudo como deve de ser ao que ele perguntar, sem mentir, e se a conversa não for dar para os lados do Dylan e de ti… conta-lhe. Se não for… contas na mesma. Tens de dizer-lhe agora… quanto mais tarde mais chateado ele vai ficar!

Carolyn baixou o olhar para o telemóvel e ficou a olha-lo. Por um lado ela queria que a chamada terminasse mas por outro… não queria ficar preocupada durante mais tempo. Tinha as mãos a suar e a tremer e por essa razão, sem querer, deixou o telemóvel cair no chão. Quando o telemóvel caiu e bateu no chão, premiu-se a tecla verde e a chamada foi atendida.

As duas raparigas ficaram a olhar para o telemóvel inteiro no chão. Foi então que ouviram uma voz masculina sair do auricular do mesmo. Quando ouviram a voz de Dave ficaram perplexas. Carolyn ficou tão nervosa que parecia que o seu coração ia sair-lhe pela boca. Emily abaixou-se, apanhou-o e apressou-se a dar-lho.

- Estou? – disse Carolyn a tentar fazer a voz mais normal que conseguia.

- Carolyn? És tu?

- Ah… Quem é que havia de ser? – soltou um risinho um pouco incerto para tentar descontrair e para ele não a achar demasiado tensa.

- Bem, podia ser o otário do teu amiguinho Dylan.

- Pois… Desculpa por aquilo que aconteceu, ele estava armado em parvo.

- Bem, se é que ele não é mesmo parvo todos os dias. E porque raio é que ele fez aquilo? – Dave não estava lá muito contente.

- Bem… - Emily estava ao lado dela por isso conseguia ouvir o que Dave dizia. Ela olhou para Carolyn e acenou a cabeça como um gesto de força para ela continuar – Eu tenho que falar contigo sobre uma coisa…

- O quê?

- É que… eu…

- Sim, Carolyn…

- Para mim é muito difícil dizer-te isto porque eu não queria mesmo que acontecesse, mas a verdade é que aconteceu – Carolyn começava agora a ficar emocionada e isso começava a notar-se na sua voz – e eu quero que saibas que não foi minha intenção de todo…

- Mas Carolyn, o que é que...

- Eu beijei o Dylan – exclamou antes que ele pudesse dizer alguma coisa.

- Tu o quê?

- Mais do que uma vez aliás. Dave, eu não sei o que é que se passa comigo – de um momento para o outro Carolyn começou a sentir necessidade de chorar, mas não o fez e por isso conteve-se - E o problema é que… eu não sei o que é que eu... eu sinto. Eu gosto de ti mais do que tu possas imaginar mas eu não sei o que é que o Dylan tem…

- Nunca pensei Carolyn, nunca mesmo. Nunca te traí e nunca pensei que fosses fazê-lo! – ele respirou tão fundo que Carolyn conseguiu ouvi-lo do auricular do telemóvel e a sua voz estava acentuada – Eu confiava em ti, Carolyn. Eu sempre confiei em ti, na tua fidelidade para comigo. Porquê, porquê isto agora?

- Desculpa, mas não fiz de propósito… Primeiro ele beijou-me e… - começava agora a sentir-se culpada por estar a acusar Dylan, mas era a verdade, tinha de ser – depois percebi que talvez, talvez sentisse algo por ele. Eu já pensei e repensei Dave, mas… foi tudo tão rápido que eu fiquei tão confusa, tão… eu percebo o que estás a sentir…

- Não! Tu não percebes… tu não imaginas. E queres saber porquê? Porque nunca ninguém te traiu antes. Porque eu nunca te traí… E tu acabaste de o fazer. Eu não… - Parou, o único sinal de fraqueza que demonstrara durante toda a conversa – Eu não quero falar contigo durante uns tempos. Não me telefones. Quando… se eu decidir que estou preparado, eu procuro-te.

Dave desligou o telemóvel, permitindo por fim que as lágrimas lhe deslizassem pela face. Baixou a cabeça e ficou a olhar para os seus próprios pés deixando as lágrimas caírem para o chão. Emily puxou-lhe o braço e abraçou-a. De seguida houve alguém que abriu lentamente a porta e espreitou. Era Dylan. Emily levantou-se e saiu permitindo assim que ele entrasse. Ele sentou-se à beira dela, levantou-lhe a face para ela o olhar nos olhos, limpou-lhe as lágrimas e lamentou:

 - Desculpa… a culpa é minha.

 

Então o que é que acham? Olhem... eu estou um pouco triste com os comentários... :( quero mais please, ok? Quanto aos proximos capitulos... vai haver uma transformação na historia ^^ dps vêem ;P

kisses <3

publicado por Anna às 23:48
link do post | comentar | favorito
11 comentários:
De Yanna a 24 de Julho de 2011 às 10:12
Á eu já esperava que a reacçao do Dave não fosse a melhor, ainda por cima quando ela lhe diz que foi mais de uma vez XD.

Bem ele que não se pereocupe, sempre tem a Emily para consola-lo. T-T

Bem... quanto aos meus desenhos... é que sabes como eu nao vou a igreja desde os meus 9 anos quando fiz a 1º comunhão (eu tenho 16 agora), a minha mãe disse que deus me castigou ao estragar a minha maquina de digitalizar T-T BUAAAAAAAAAAAAA!!!

Mas não é por causa disto que apartir de agora vou á missa! nem pensar!

Mas nao te preocupes daqui a pouco tempo vou ter outra XD

ADOREI O CAPITULO *-*

beijos,Yanna


De Cat a 24 de Julho de 2011 às 14:33
oi!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!Tá tãooooo fixe!!!
tou bue feliz :)

Dylan!!!!xD


De a 24 de Julho de 2011 às 18:29
Continuo a não gostar do Dave, não sei porquê mas pronto, apeteceu-me não gostar dele.

Mas o que interessa é que postes mais, estou a adorar! :D


De inês silva- a 24 de Julho de 2011 às 21:42
Gostei muitoooo! Estou ansiosa pelo próximo capítulo :)


De ines- a 25 de Julho de 2011 às 02:21
Estás lindo! :33 Posta rápido!


De Joana a 25 de Julho de 2011 às 18:52
Desculpa não ter comentado nada! Eu não tenho tempo nenhum para comentar nada...
Acho que este foi o único blog que eu comentei á algum tempo, mas não posso estar aqui muito tempo :(
Estão lindos os capítulos!
Posta rápido!!!
Bjocas!!!
Júu-


De мιηηιє Deяανιη Acкℓєs ♥ a 26 de Julho de 2011 às 18:29
Haaaaaaaaaaaa
adoreyyyy coitado do Dave =(
mas prefiro mil vezer o GATO do DYLAN
hahahahah
depois diz o que achas-te a minha one-shot
porfavorrrr o teu coment é bue importante!!
Beijinhos


De - É a Joana Jones ^^ a 26 de Julho de 2011 às 19:50
Lindo !


De Ritaaa a 28 de Julho de 2011 às 19:18
UOOUUU!!!!!!!!! Não tava msm á esperaaa!! Que revira volta!! mas pronto..... Tá demááisssss <3

Tenho mtas saudadiixxxx sisterr <3 <3 BJS


De ♥ C. a 31 de Julho de 2011 às 16:20
Ah, sim


De ♥ C. a 31 de Julho de 2011 às 16:21
Fiz logo publicar comentario :/
Pois, agora o youtube tem uma maneira diferente $: Podes mandar.me o link da musica?
Importavas.te que o player fosse do genero deste: http://sofiia.blogs.sapo.pt/ tipo no fundo do blog uma linha, vês?


Comentar post

.mais sobre mim

.pesquisar

 

.Outubro 2011

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1

2
3
4
5
6
7
8

9
10
11
12
13
14
15

16
17
18
19
20
21
22

23
24
25
26
27
28
29

30
31


.posts recentes

. Vida de Carolyn: Two Love...

. I'm back

. Vida de Carolyn: Two Love...

. Vida de Carolyn: Two love...

. Vida de Carolyn: Two Love...

. Vida de Carolyn: Two Love...

. Vida de Carolyn: Two love...

. Divulgação e conversinha ...

. Vida de Carolyn: Two love...

. Vida de Carolyn: Two love...

.arquivos

. Outubro 2011

. Setembro 2011

. Agosto 2011

. Julho 2011

. Junho 2011

. Maio 2011

. Abril 2011

. Março 2011

. Fevereiro 2011

. Janeiro 2011

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Agosto 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

blogs SAPO

.subscrever feeds